22/05/2010

CONVITE - PLANO DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SP

(Divulgação- acervo senzalinha) "ENCONTRO TEMÁTICO DA POPULAÇÃO NEGRA PARA CONSTRUÇÃO DO PLANO DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SÃO PAULO – PME 2011-2020

“O espírito da revolta não é possível senão nos grupos em que uma igualdade teórica encobre grandes desigualdades de fato” (Abdias do Nascimento)


O Movimento Negro de São Paulo convida para o encontro Educação Etnicorracial no Plano de Educação da Cidade de São Paulo. O Plano Municipal de Educação definirá a educação do município para os próximos 10 anos e precisamos contribuir com as questões etnicorraciais. Buscando garantir o caráter participativo da construção desse plano, o Movimento Negro de São Paulo convida estudantes, educadoras e educadores, mães e pais, gestoras e gestores, trabalhadores e trabalhadoras da educação, pesquisadores e pesquisadoras, universidades e demais movimentos sociais e pessoas envolvidas com a Educação das Relações Raciais a participarem do Encontro Temático da População Negra.

Contamos com sua participação e contribuição com ideias e propostas para uma educação pública de qualidade!


Tema: Educação Etnicorracial no Plano de Educação da Cidade de São Paulo

Data: 22 de maio de 2010

Horário: das 10h às 14 hs

Local: Sindicato dos Jornalistas

Endereço: Rua Rego Freitas, 530 (próximo Igreja da Consolação)



Pauta:

-Informes e andamento das plenárias das subprefeituras para o Plano Municipal de Educação;

- Plano Municipal de Educação e a educação etnicorracial na cidade de São Paulo: avanços e desafios;

- propostas de educação etnicorracial e de relações de gênero para o Plano Municipal de Educação;

- gestão democrática e financiamento;

- eleição de delegados/as e eleição de temas prioritários."

11/05/2010

(Divulgação)


*
13/05 - 20:30
Beleza Negra e suas Raízes
Exibição de video e confecção de turbantes
Facilitadora: Cathiara Oliveira
*
20/05 - 20:30
Dança Afro - Uma expressão de liberdade
Vivência coletiva com a dança afro-brasileira
Facilitadora: Cia de Arte Negra Capulanas
*
*
Onde:
Sarau Elo da Corrente
Bar do Santista
Rua Jurubim, 788 -A
Pirituba -SP
*
(Haverá roda de poesias normalmente)
*
*
Realização:
Sarau Elo da Corrente
VAI -PMSP
*
Apoio:
Coletivo Cultural Poesia na Brasa
Coletivo Cultural Esperança Garcia
*
*
"LEI AUREA,
VERDADEIRO CHEQUE SEM FUNDO"
CARLOS DE ASSUMPÇÃO

10/05/2010

voltando do Sarau Afro Mix

Tô voltando do Sarau Afro Mix. Tudo de bom. O Espaço da galeria Olido, conhecido pelas aulas de dança ( que piso firmeza pra dançar samba rock, hummm!!), de segunda abre espaço para literatura e aos malucos de plantão. E atendendo ao chamado do Quilombhoje, colou tanta gente, poetas, cantores, que o friozinho do centro foi substituido pelo calorzinho safado que vinha daquela gostosa e boa literatura. E sabe como que é, " e roda poema..."

Marcio Barbosa



Esmeralda Ribeiro


/>

Helton Fesan


Sacolinha




Rogério Brito




Lia Jones, Cosme, Abayomi

04/05/2010

SARAU AFRO MIX - GALERIA OLIDO 10/05 - 18hs




(Divulgação) " SARAU AFRO MIX
Dia 10 de maio de 2010 – segunda-feira
das 18h às 20h – entrada franca
Galeria Olido
Av. S. João, 473 – térreo – centro – São Paulo

O que é literatura para você?

Estamos convidando você para participar conosco do Sarau Afro Mix – Lima Barreto e Carolina de Jesus, na Galeria Olido.

Este sarau será realizado em maio, que tem no dia 13 para a maioria a lembrança da abolição (esta, ainda, inacabada), mas esse dia tem outros significados (consulte o calendário afro para essa e outras datas).

Um bom motivo para celebrar o dia 13, e quem gosta de ler, seja novo ou velho, negro ou branco, concordará conosco, é que é dia de nascimento do escritor Lima Barreto. No sarau, falaremos um pouco sobre esse escritor pré-modernista, que nasceu “sem dinheiro, mulato e livre” (conforme escreve e se descreve) e também sobre a escritora Carolina de Jesus, cuja obra “Quarto de Despejo” completa 50 anos em 2010 e é referência para muitos jovens, especialmente os moradores de periferia.

Então fica assim:
Intervenção sobre Lima e Carolina;
poesia com participação de Esmeralda Ribeiro, Helton Fesan, Márcio Barbosa, Sacolinha, Sergio Ballouk e Thyko de Souza (e quem mais chegar chegando);
e intervenção musical com a cantora Lia Jones.

Teremos a roda de poemas, que é aberta a quem quiser levar suas poesias (sejam tradicionais ou em forma de rap). Basta entrar na roda e lê-las, declamá-las (desse jeito: cantamos um ponto, paramos, lê-se um poema, ponto, e a coisa segue…).

É uma ótima oportunidade que a literatura proporciona para renovarmos nossa energia.

'Canta pra assentar o axé, iô'

Axé!

Quilombhoje"